ALMIR GUINETO ACIMA DE DEUS, SÓ DEUS | 1995, RGE

No dia 12 de julho de 1946, o samba brasileiro ganhava seu mais fiel e versátil representante. Nascia, no Morro do Salgueiro, capital carioca, Almir de Souza Serra, popularizado pela criativa alcunha de Almir Guineto. Criado em meio a músicos de primeira linha como Geraldo Babão, Antenor Gargalhada e muitos outros, Guineto cresceu influenciado pela veia sambista de seu pai, Iraci de Souza Serra, respeitado violonista e integrante do grupo Fina Flor do Samba, e de sua mãe, Nair de Souza Serra – a “Dona Fia”, costureira do Salgueiro e figura ancestral do samba.

Esse seu 10º álbum lançado pela RGE com produção de Ivan Paulo, foi a estréia de um grande sambista (músico), que fez parte da ‘cozinha’ desse disco e a partir daí, não parou mais de acompanhar os maiores sambistas do Brasil em seus trabalhos: Marcio Wanderley (cavaco, banjo). Participaram também os músicos: Márcio Almeida (banjo); Paulão (violão); Bororó (baixo); Eduardo Neto (teclados); Jorge Gomes (bateria); Pirulito (surdo); Esguleba (tamborim).

O samba “NÃO FIQUE ASSIM” de Arlindo Cruz, Almir Guineto e Carlos Senna, contou com a participação de Arlindo Cruz e o samba “FALADOR SE DA MAL” de Dudu Nobre e Zeca Pagodinho, Almir cantou junto com seu amigo Dudu Nobre.

Destaco também nesse LP ‘PRANTO QUE CHOREI’ grande sucesso de Almir, composto por Acyr Marques, Arlindo Cruz e Franco:

“A gente podia ser, normal
Um simples caso de amor total
Mas tinha que ser assim
Amor é o bem e o mal
Te amar foi tão bom pra mim
Te amar quase foi fatal”

Agora é só curtir o “Rei do Pagode”…

ALMIR GUINETO - ACIMA DE DEUS, SÓ DEUS - 1995

LADO A

  1. SÓ SEI QUE TE AMO
    (Sereno-André Renato)
  2. NÃO FIQUE ASSIM
    (Arlindo Cruz-Almir Guineto-Carlos Senna)
    Participação Especial: Arlindo Cruz
  3. ACIMA DE DEUS
    (Almir Guinéto-Carlos Senna-Tânia Ferreira-Mazinho Xerife)
  4. CORONÉ ENDOIDOU
    (Almir Guinéto-Simões PQD)
  5. JÁ ERA
    (Almir Guinéto-Carlos Senna-Dona Fia-Simões PQD)
  6. D.J.
    (Almir Guinéto-Vanessa)

LADO B

  1. PRANTO QUE CHOREI
    (Alcyr Marques-Arlindo Cruz-Franco)
  2. MULHER DE MALANDRO
    (Almir Guinéto-J.Laureano-Passarinho-Marcos Diniz)
  3. FALADOR SE DÁ MAL
    (Dudu Nobre-Zeca Pagodinho)
    Participação Eepecial: Dudu Nobre
  4. PALAVRAS
    (Almir Guinéto-Carlos Senna-Mazinho Xerife)
  5. DIZ QUE FOI ENGANO
    (Almir Guinéto-Dona Fia)

RGE 7525 1, LP

Um Produto COMERCIAL FONOGRAFICA RGE LTDA.
Arranjos e Regência: Ivan Paulo
Coordenação de Produção: Marcos Salles
Assistente de Produção: Renata Corado
Secretária: Margareth M. Fonseca
Técnico de Gravação e Mixagem: Sérgio Rocha
Auxiliares de Gravação: Mauro Morais, Julinho Carneiro
Astral: Carlos Senna, Miguel Senna, Mazinho Xerife
Gravado e Mixado no mês de maio de 1.995 nos estúdios da Som Livre-RJ
Foto: Fernando Seixas
Músicos:
Cavaco: Márcio Vanderlei
Banjo: Márcio Vanderlei, Marcio Almeida
Violão: Paulão
Baixo: Bororó
Teclados: Eduardo Neto
Bateria: Jorge Gomes
Surdo, Congas, Reco, Tamborim: Pirulito
Tantan, Repilique de Mão, Pandeiro, Ganza, Tamborim: Esgoleba
Corô: Flávia Santana, Karla Prieta, Vanessa Penna, Zélia, Douglas Sampa, Marcos Salles, Paulo Santana, Valmir Serra

Direção Artística: Vasco Borges
Produzido por: Ivan Paulo para Ipê Musical Ltda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *