MARTINHO DA VILA DE BEM COM A VIDA 2016, Sony Music

Alô, Paulo Junqueiro!
Olá, Bruno Batista!
Como é bom trabalhar em liberdade!… Depois de confabular muito com o jovial André Midani, fui para o estúdio com três músicos jovens – Gabriel de Aquino, Alaan Monteiro e Gabriel Policarpo, sem arranjos preconcebidos. Fizemos tudo de improviso, sob os ouvidos atentos do Preto. Cantamos em coro, batemos palmas, cantarolamos…
A base deste disco é o violão, o cavaquinho e a percussão. Só em uma faixa, tivemos o João Donato, o Jorge Mautnér e o Arthur Maia, que também tocaram de bossa.
O Midani, auxiliado pelo Leonado Bruno, ambos delicadamente exigentes, me guiaram na colocação da voz.
Valeu o recado do Criolo!
Aqui vai a minha gratidão a todos que me ajudaram neste trabalho – Buda, André Mattos, Antoine… e, à minha Preta que também palpitou.
Antecipadamente, agradeço a toda a equipe da Sony que prometeu ralar para que este trabalho seja um sucesso.
Tô de bem com a vida.
Martinho da Vila

“Midani…Midani, também quero!”
Este era o grito do Martinho na saída do show Inusitado que Alcione acabava de presentear interpretando clássicos da música francesa na língua original e tocando pistão também na Cidade das Artes, no Rio de Janeiro. Sentamos então, alguns dias depois, e Martinho me revelou seu projeto “inusitado” e foi uma delícia de generosidade, simplicidade e arrojo. Ficou ele feliz e eu maravilhado e este sucesso nos aproximou numa relação de confiança. De repente, 2 meses atrás, toca o telefone:
…Midani preciso falar com você…
…amanhã se você quiser Martinho…
…às 14:00 horas? Fechado. Te espero…” Na hora marcada Martinho chegou, conversamos e nascia a mais improvável colaboração fonográfica “Martinho da Vila e seu conselheiro Midani”.
Martinho já tinha o disco pronto na cabeça e na alma, as canções selecionadas, os arranjos desenhados. Dali em diante, ao escutar as demos, ele me transportou de maravilhosas melodias para maravilhosos poemas: Escuta Cavaquinho, obra-prima que seguramente se tornará um clássico da música brasileira. Do Além, majestoso e imponente samba brasileiro/angolano. Danadinho, Danado e Amanhã é Sábado, duas canções originalmente escritas para mulheres cantarem e que ele tem a audácia de interpretar como se fosse ele mesmo mulher. Samba Sem Letra (sem letra? Claro que não é bem assim!) é um samba explicitamente erótico! Disritimou, um dramático poema dedicado à imprevisibilidade do amor. De Bem Com a Vida, Gratidão Musical e Muita Luz testemunham o seu amor, felicidade e confiança na vida. Sou Brasileiro, testemunha o seu amor e preocupação com a pátria. Saravá, Saravá!, Daqui de Lá e de Acolá! e Choro, Chorão, são homenagens ao eixo cultural Brasil/Portugal/Angola. Alegria, Minha Alegria, é uma homenagem do Martinho a sua filha caçula, que ganha finalmente a declaração de amor que lhe era devida.
Falar de Martinho, de sua delicadeza, de sua firmeza, de sua dedicação, de sua voz, de seu imenso talento, de sua importância nesta altura do campeonato… não é preciso falar, todos sabemos! Obrigado Donato, obrigado Mautner, obrigado Criolo, obrigado Artur Maia por suas brilhantes intervenções.
ANDRÉ MIDANI

CD MARTINHO DA VILA DE BEM COM A VIDA, 2016

  1. ESCUTA, CAVAQUINHO!
    Martinho da Vila e Geraldo Carneiro
  2. CHÔRO CHORÃO
    Martinho da Vila
  3. DANADINHO DANADO
    Zé Catimba e Martinho da Vila
  4. AMANHÃ É SÁBADO
    Martinho da Vila
  5. SAMBA SEM LETRA
    Martinho da Vila, Marcelinho Moreira e Fred Camacho
  6. DISRITMOU
    Martinho da Vila e Carlinhos Vergueiro
  7. DO ALÉM
    Arthur Maia e Martinho da Vila
  8. DAQUI, DE LÁ E DE ACOLÁ!
    Francis Hime, Olivia e Martinho da Vila
  9. SARAVÁ, SARAVÁ!
    Ivan Lins e Martinho da Vila
  10. MUITA LUZ
    Martinho da Vila e João Donato
    Contém a música incidental “Jesus Alegria dos Homens”
  11. ALEGRIA, MINHA ALEGRIA!
    Martinho da Vila
    part: Criolo
  12. DE BEM COM A VIDA
    Martinho da Vila
    part: Criolo
  13. SOU BRASILEIRO
    Martinho da Vila e Mané do Cavaco
  14. GRATIDÃO MUSICAL
    Sereno e Martinho da Vila

Sony Music – 88985337492, CD

FICHA TÉCNICA
Produzido por ANDRÉ MIDANI
Direção Artística (A&R) – BRUNO BATISTA
Assistente de Produção – PRETO FERREIRA
Direção de Voz – Maestro LEONARDO BRUNO

Estúdios:
Gravação das bases e Coro no PLAY REC STUDIOS (RJ)
Gravação de vozes e Coro NA TOCA DO BANDIDO (RJ)
Engenheiro de gravação: MARCOS DONATE (Buda)

Mixado por ANTOINE MIDANI

Músicos:
GABRIEL DE AQUINO – Violão | ALAAN MONTEIRO – Cavaquinho e bandolim | GABRIEL POLICARPO – Palmas, Pandeiro, Moringa, Tamborim, Torpedo (ralador), Frame Drum, Ganzá, Repique, Efeitos, Copo, Cachos, Djembe, Ngomas (pipas), Caxixi, Tantan, Conga, Cajon, Gongo (sino), Frigideira e Repique de Anel.
MARTINHO DA VILA – Pandeiro, tamborim, cajon, agogô, prato de cozinha.
Na música “Muita Luz”:
JOÃO DONATO, teclados | JORGE MAUTNER, violino | ARTHUR MAIA, baixo

Coro: MARTINHO DA VILA, ALAAN MONTEIRO, GABRIEL DE AQUINO, GABRIEL POLICARPO E MAESTRO LEONARDO BRUNO | Part. esp.: CRIOLO nas músicas “Alegria, Minha Alegria!” e “De Bem Com a Vida”
Capa e Ilustrações ELIFAS ANDREATO | Projeto Gráfico – BENTO HUZAK ANDREATO
Fotos: Leo Aversa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *