Nelson Sargento 91 anos de samba com Galo Preto e Pedro Miranda | 2016, Independente

Com 40 anos de virtuosa presença nos palcos do Brasil e do mundo, o Galo Preto, com inéditos arranjos de seu maestro Afonso Machado, interpreta com Nelson Sargento algumas das obras primas do bamba da Mangueira, em 91 anos de vida. Ouvir esses mestres nos deixa inebriados, encantados, emocionados. De repente surge um tamborim com uma bela voz e se junta a eles o Pedro Miranda. E a alegria vai crescendo, parece uma festa, e sabe que é mesmo? Eles estão comemorando o centenário do samba e estão nos convidando. Vamos ouvir? Bravíssimo!
Bete Mendes – atriz

Em 2015, fizemos uma série de shows pelo Brasil: Nelson Sargento, Galo Preto e Pedro Miranda em homenagem aos 90 anos do velho mestre da Mangueira e também aos 40 anos de atividade do grupo instrumental Galo Preto. São arranjos inéditos para algumas obras-primas do Nelson Sargento, com a participação vocal de um dos maiores talentos da nova geração da música brasileira: Pedro Miranda. Este CD é um registro desses shows e só foi possível graças à participação de nossos amigos. Muito obrigado a todos. Salve Nelson Sargento!

CD Nelson Sargento 91 anos de samba com Galo Preto e Pedro Miranda | 2016, Independente

  1. O DESTINO NÃO É RESTAURADOR (2:59)
  2. FALSO MORALISTA (3:27)
  3. IDIOMA ESQUISITO (3:17)
  4. DE BOTECO EM BOTECO (2:24)
  5. HOMENAGEM AO MESTRE CARTOLA (3:23)
  6. DEIXA (3:59)
  7. CIÚME DOENTIO (3:00)
  8. VAI DIZER A ELA (2:21)
  9. MAR DE LÁGRIMAS (3:21)
  10. CUIDADO (2:24)
  11. TRIÂNGULO AMOROSO (2:45)
  12. BERÇO DE BAMBA (2:50)
  13. FALSO AMOR SINCERO (2:12)
  14. QUANDO XANGÔ PEGAR O APITO (2:02)
  15. AGONIZA MAIS NÃO MORRE (2.03)

Produção Independente, CD

Produção executiva – Alexandre Paiva
Assistente de produção – Evonete Belizário
Direção musical – Afonso Machado
Arranjos – Afonso Machado / Tiago Machado (faixas 2 e 11)
Voz: Nelson Sargento: faixas: 1,3,5,9,12,13
Voz: Pedro Miranda: faixas: 2,3,4,6,7,8,10,11,13,14

GALO PRETO

Afonso Machado – bandolim
José Maria Braga – flauta
Alexandre Paiva – cavaquinho
Tiago Machado – violão e surdo
Diego Zangado – bateria, pandeiro e tamborim
José Luiz Maia – contrabaixo

Coro – Galo Preto
Renato Albernaz – cuíca (faixa 4), repique e caixa (faixa 12)
Pedro Miranda – percussão em “Quando Xangô pegar o apito” e caixa de fósforos em “De boteco em boteco”
Fotos – Pat Duarte
Projeto gráfico – Andréa Pinheiro

Gravado no Estúdio Casa X (Botafogo-RJ) por Tiago Machado
Mixado e masterizado no Castelo Estúdio (NIteról-RJ) por Carlos Machado em 2016

Todas as faixas de autoria de Nelson Sargento com: Cartola (DEIXA / CIÚME DOENTIO); Guilherme de Brito (MAR DE LÁGRIMAS); Marreta (CUIDADO / QUANDO XANGÔ PEGAR O APITO).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *