PARTIDO ALTO NOTA 10 ANICETO DO IMPÉRIO 1984, CID

Ele é Aniceto de Menezes e Silva Jr. – O Aniceto do Império

Tem no corpo as raízes do jongo, do lundú, do afoxé, da capoeira, do batuquejé, do caxambu, do maxixe, do partido alto, das xulas raiadas ou ponteadas e toda a nossa origem musical.

Na alma trás a magia dos Orixás, os segredos dos rituais do candomblé, as rezas das noites de lua, a verdade dos búzios, o eco dos tambores africanos, as marcas do açoite de nossos passados, o som dos candongueiros e D’angona e os sagrados desejos dos Encantados.

Na pele explode a beleza da raça, o cheiro de incenso, o aconchego das esteiras, o calor da terra, os mistérios das senzalas e os delírios da negritude.

Guarda os poderes, os ciúmes, os dengos, a teimosia, a altivez, o feitiço e o amor a vida de Oxalá e Yemanjá.

Aniceto nasceu em 11 de março de 1912, no Estácio e foi arrumador na antiga Resistência do Caís do Porto. de fala “meta-meta” macia e explicada, isto lhe valeu o cargo de Orador Oficial do Império Serrano, Escola que ajudou a fundar.

Para que o nosso elo com a África não se arrebente, é necessário prosseguir com esta corrente espiritual, através da música trazida nos cantos, nos lamentos, nas dores, nos banzos e nas folganças de nossos ancestrais. Poucos são os que te?m este misticismo no corpo, na alma e na pele em louvor a nossa cultura musical de raiz.
DULCE ALVES

Após esse “gungunar”, estamos certos que a corrente não se partirá. O último elo é forte e os engates também. Quem fugir dos preceitos vai ficar “enquizilado” e “quizila” de Aniceto não sai com “engambelo”.

Ago, Baba

Asé, Aniceto.

LP PARTIDO ALTO NOTA 10 ANICETO DO IMPÉRIO, 1984

LADO 1

  1. PARTIDO ALTO Aniceto
  2. DESAFORO Aniceto & Martinho da Vila
  3. É FOGO Aniceto
  4. CHEGA DEVAGAR Aniceto & Roberto Ribeiro
  5. DIFÍCILAniceto
  6. GINGA DE YAYÁ Aniceto & Zezé Motta

LADO 2

  1. QUANDO LOUVAR PARTIDEIRO Aniceto
  2. ENTREVISTA Aniceto & João Nogueira
  3. ÉS PARTIDEIRO? Aniceto
  4. QUEM É TEU PAI Aniceto & Ivone Lara
  5. MULHER NA PRESIDÊNCIA Aniceto
  6. DONA MARIA LUIZA Aniceto & Clementina de Jesus

Obs.: Todas as composições de autoria de “ANICETO DO IMPÉRIO” e editadas por “BETINA EDIÇÕES E PROMOÇÕES LTDA.”


CID – 8.070, LP

Músicos:
Violão, Viola e Cavaquinho: José Menezes
Cavaquinho: Carlinho do Conjunto Nosso Samba
Pandeiros: Alberto Nonato, Argemiro, Casquinha e Paulinho do Pandeiro
Tumbadora: Geraldo Bongô
Prato: Gordinho do Conjunto Nosso Samba
também toca surdo na faixa Entrevista
CORO: As Gatas, Doca, Djanira, Dulce e Conjunto Nosso Samba

Produtor Fonográfico: COMPANHIA INDUSTRIAL DE DISCOS
Coordenação Geral: HARRY ZUCKERMANN
Direção de Produção: JORGE COUTINHO
Assistente de Produção: RUBENS GONZAGA FILHO
Direção Musical: JOSÉ MENEZES
Técnico de Gravação: LOUREIRO
Assistente de Estúdio: LACI
Corte: LAURIMAR (CID)
Direção de Arte: MARIA CAMBRAIA
Criação de Capas e Fotos: JANUÁRIO GARCIA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *