TONINHO GERAES PRECEITO | 2009, Independente

PRECEITO‘, terceiro trabalho como cantor de Toninho Geraes. O disco é composto por diversas composições inéditas e regravações de alguns sucessos de sua autoria além de contar com a participação de nomes como Zepa (violão de 6 cordas) e Jorginho Gomes (bateria), Dunga e do produtor Mílton Manhães.

A “festa” no disco começa com “SÃO LONGUINHO” (Geraes / Sérgio Caetano) que fala de forma bem humorada sobre uma típica simpatia brasileira que são os três pulinhos dedicado ao santo, no caso Toninho procura um amor e ainda evoca nomes como São Benedito, São Judas Tadeu, São Jorge, São Gonçalo entre outros.

Seguindo o roteiro do disco nos deparamos com a canção “COMIDA MINEIRA” (Geraes / Paulinho Rezende) que com certeza deve trazer ao artista reminiscências de seu estado natal; em seguida, vem um grande sucesso de sua autoria em parceria com Nelson Rufino “PAGO PRA VER“; depois chega “DE BAR EM BAR” (Geraes / Roque Ferreira) que com a participação do conceituado Moacyr Luz retrata um caso de amor mal resolvido e a “SAMBA NA VEIA” (Geraes / Barrão), que trata do gosto pelo samba como uma verdadeira herança genética.

A trilha segue com “AMOR E FESTANÇA” (Geraes / Magalha) onde o próprio título já invoca a festa e o amor; em seguida há mais três canções compostas por Roque Ferreira: “PRECEITO” (com Geraes) retrata o respeito que devemos aos ritos afro-brasileiros; “DE MARÉ” (também com Geraes) que retrata mais uma vez o amor de maneira singela e belíssima e por fim “OXÔSSI“, que como o próprio título sugere fala sobre o Orixá da caça.

Em “CHORO DE ALEGRIA” (Geraes / Serginho Meriti) fala do choro não enquanto ritmo, mas enquanto pranto que existe de maneira paradoxa como o próprio título já diz. O álbum segue com Toninho Geraes regravando a canção “PARTIDO REMENDADO (O RATO ROEU)” quase 25 anos depois; “DESACERTO” (Geraes / Fabinho do Terreiro / Randley Carioca) que retrata o fim de um grande amor; “SEU BALANCÊ” e “ALMA BOÊMIA” (parcerias com Paulinho Rezende), a primeira foi um grande sucesso na voz de Zeca Pagodinho e a segunda retrata o sujeito boêmio que mesmo depois de casado não perdeu o hábito noturno e não larga mão de chegar em casa com o dia claro depois de uma noite de samba em vários locais distintos.
Bruno Negromonte

TONINHO GERAES PRECEITO (2009)

01. São Longuinho (Toninho Geraes / Sérgio Caetano) 02. Comida Mineira (Toninho Geraes / Paulinho Rezende) 03. Pago pra Ver (Toninho Geraes / Nelson Rufino) 04. De Bar em Bar (Toninho Geraes / Roque Ferreira) part.: Moacyr Luz 05. Samba na Veia (Toninho Geraes / Ricardo Barrão) 06. Amor e Festança (Adalto Magalha / Toninho Geraes) 07. Preceito (Roque Ferreira / Toninho Geraes) 08. De Maré (Roque Ferreira / Toninho Geraes) 09. Oxôssi (Roque Ferreira) 10. Chora de Alegria (Serginho Meriti / Toninho Geraes) 11. Partido Remendado (O Rato Roeu) (Clementino da Silva Naval / Toninho Geraes) part.: Dunga 12. Desacerto (Toninho Geraes / Fabinho do Terreiro / Randley Carioca) 13. Seu Balancê (Paulinho Rezende / Toninho Geraes) 14. Alma Boêmia (Paulinho Rezende / Toninho Geraes)


Independente, CD

PS* Quem tiver a ficha técnica deste CD e quiser colaborar com o blog, favor enviar para o email: marcelo@sambaderaiz.org . Desde já agradeço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *