Recantando Mágoas LUPI A Dor e Eu JAMELÃO – 1976

Recantando Mágoas LUPI A Dor e Eu JAMELÃO - 1976

Na carreira de Jamelão, Lupicínio Rodrigues exerceu uma grande influência. O cancioneiro dor de cotovelo do compositor gaúcho encontraria um privilegiado canal de expressão no vozeirão enxuto e sem vibratos que imortalizou, em dois LPs (Jamelão Interpreta Lupicínio Rodrigues e Recantando Mágoas – Lupi, A Dor e Eu), canções como Vingança e Nervos de Aço. Músicas de versos tristes, mas apropriados para um cantor negro que se sentia discriminado – “- Já fui deixado de lado por outros caras só porque eles eram brancos” – e ao ser questionado porque vivia de cara amarrada, rebatia: “Rir de quê?”

Continue lendo “Recantando Mágoas LUPI A Dor e Eu JAMELÃO – 1976”

o autêntico JAMELÃO (O BOM) – 1970

o autêntico JAMELÃO (O BOM) - 1970

José Bispo Clementino dos Santos (12/5/1913 – Rio de Janeiro). Cantor e compositor. Nasce no bairro de São Cristóvão, subúrbio do Rio de Janeiro. No início da década de 1930, a convite do compositor Gradim (Lauro dos Santos), ingressa na escola de samba G.R.E.S. Estação Primeira de Mangueira para nunca mais sair. Na década de 1970, destaca-se o lançamento do LP – o autêntico JAMELÃO (O BOM) – , lançado pela Continental em 1970, alcançando sucesso com vários sambas.

Continue lendo “o autêntico JAMELÃO (O BOM) – 1970”