A Arte Negra de Wilson Moreira e Nei Lopes – 1980

A Arte Negra de Wilson Moreira e Nei Lopes

A arte legada pelos africanos á sociedade brasileira se mantém viva, em termos de Rio de Janeiro, nos subúrbios, nos morros e nas Baixadas. E no que diz respeito á música, Wilson Moreira e Nei Lopes se revelam legítimos porta-vozes dessa herança. Wilson, do subúrbio de Realengo, descende uma família de jongueiros que se ramifica hoje por Avelar e Barra do Piraí, chegando até Juiz de Fora. Nei, filho de um operário da Casa da Moeda, nasceu e se criou na freguesia de Irajá, onde o pai, nascido em 1888, fora morar no início do século.

Continue lendo “A Arte Negra de Wilson Moreira e Nei Lopes – 1980”