Acervo

Disco de Vinil

Nessa seção do blog publico os links dos intérpretes com seus respectivos discos já publicados, listo os álbuns de samba-enredo bem como os todos demais álbuns que já publiquei de meu acervo pessoal .

Intérpretes

Samba-Enredo

  1. As Dez Grandes Escolas Cantam para a Posteridade Seus Sambas-Enrêdo de 1968
  2. Festival de Samba – Sambas enrêdo das escolas de samba 1968
  3. Festival de Samba vol.2 – Sambas enrêdo das escolas de samba 1969
  4. Sambas-de-enrêdo das Escolas de Samba 1° grupo 1970
  5. Festival de Samba volume 3 – Sambas enrêdo das Escolas de Samba 1970
  6. Sambas enrêdo 1° grupo 1971
  7. Festival de Sambas Enrêdo 1971
  8. Sambas-de-Enrêdo das Escolas de Samba do Grupo 1 (1972)
  9. Sambas-de-Enrêdo das Escolas de Samba do Grupo 1 (1973)
  10. Sambas-de-Enrêdo das Escolas de Samba do Grupo 1 (1974)
  11. Sambas de Enredo das Escolas de Samba do Grupo 1 Carnaval 1975

Álbuns

  1. Samba jazz, de raiz. Cláudio Jorge 70

    O registro fonográfico em questão chama-se “Samba jazz, de raiz. Cláudio Jorge 70.” O cantor, compositor, violonista e produtor Claudio Jorge faz parte daquele grupo de músicos que o anúncio de lançamento de um disco […]

  2. As Dez Grandes Escolas Cantam para a Posteridade Seus Sambas-Enrêdo de 1968
  3. Monarco (1976)

    Hildemar Diniz, o Monarco, disse ao mundo a que veio muito antes de gravar este que é o seu primeiro disco, de 1976. Mas estreia é estreia — e esta aqui é invulgar. Em 12 […]

  4. Mangueira – Sambas de Terreiro e Outros Sambas

    Projeto do Arquivo Geral da Cidade do Rio de Janeiro com patrocínio da Prefeitura, o livro/CD “Mangueira – Sambas de Terreiro e Outros Sambas” é dividido em dois discos um com 31 faixas e o […]

  5. Rosa de Ouro

    Gerado no Zicartola e primo do Opinião, Rosa de Ouro, foi um estandarte do samba e da música brasileira “profunda”, quando reinavam nas rádios a Bossa Nova e o incipiente Iê-iê-iê. Este álbum é a […]

  6. Cartola (1974)
  7. Diplomacia

    “Diplomacia”, álbum póstumo do baiano Oscar da Penha (1924-1997) – o Batatinha – chega ao mercado, mais de dois anos depois de ter sido iniciado pelo próprio artista. Torna-se, segundo seus produtores, os também baianos […]

  8. Quando as Escolas se Encontram

    Em 1973, a gravadora RCA Camden, lançou o álbum “Quando as Escolas se Encontram”. O repertório é composto por sambas-enredo e sambas de terreiro do ano de 1973. Os sambas de enredo são da Vila […]

  9. Os Afro-Sambas de Baden e Vinicius

    “Os Afro-Sambas” considerado por muitos críticos como um divisor de águas na MPB por fundir vários elementos da sonoridade africana ao samba, é o segundo LP lançado pela parceria Baden Powell e Vínicius de Moraes. Disco […]

  10. Época de Ouro

    O segundo álbum de carreira de Jacob do Bandolim, “Época de Ouro”, tem um repertório bonito acompanhado por orquestra de cordas e com arranjos de Radamés Gnattali! Transcrevo abaixo o texto publicado na contracapa e […]

  11. Oba-Oba o Q.G. do Samba

    Trago nesta postagem um disco de 1975, “Oba Oba o Q.G. do Samba”, de Oswaldo Sargentelli. Telecoteco, Ziriguidum, Balacobaco, Borogodó. Era assim, com essas palavras e com o bom humor, que Sargentelli (Oswaldo) abria os […]

  12. Encanto da Paisagem

    “Encanto da Paisagem”. Álbum de Nelson Mattos (Nelson Sargento), com magníficas criações, gravado no Japão pelo produtor Katsunori Tanaka. No Brasil o disco saiu pelo selo Kuarup em 1986. Sobre a faixa que deu título […]

  13. Samba É no Fundo do Quintal

    O LP “Samba É no Fundo do Quintal” (RGE, 1980) , primeiro álbum do Grupo Fundo de Quintal, apresenta uma leitura do samba, com canto coletivo masculino e forte percussão. Para o produtor musical Rildo […]

  14. Copinha e Seu Conjunto Interpretam os Sucessos de Pixinguinha

    A década de 60 registrou o lançamento do LP “Copinha e Seu Conjunto Interpretam os Sucessos de Pixinguinha” (selo Philips, 1961), arranjos do homenageado e parcerias com Benedito Lacerda, João de Barro, entre outras pérolas. Em Alfredo […]

  15. Carlos Cachaça (1976)

    Trago nesse post o único disco solo de Carlos Cachaça, lançado em 1976 na Série Ídolos da MPB, vol 21 pelo selo Continental. No LP vários sucessos como “Quem Me Vê Sorrindo”, “Alvorada”, “Juramento Falso” […]

  16. Native Brazilian Music

    “Native Brazilian Music” – A aventura mais fascinante e desconhecida da MPB ocorreu há mais de 70 anos, em sessões de gravação realizadas com artistas locais em um navio atracado no Rio de Janeiro. O […]

  17. Cinco Companheiros

    Em 1958 Pixinguinha lança o LP: 5 Companheiros. Neste mesmo ano, no dia 16 de fevereiro, morre aos 55 anos incompletos o flautista Benedito Lacerda, vítima de câncer de pulmão. No álbum, a maioria das […]

  18. Élton Medeiros (1973)

    A carreira individual de Élton Medeiros só se iniciou de fato em 1973, com o álbum que trago neste post: “Élton Medeiros” (Odeon – 1973), LP com clássicos do samba como “Mascarada”, “Pressentimento”, “O Sol […]

  19. Verde que Te Quero Rosa

    Cartola em 1977, gravou pela RCA Victor o LP “Verde que Te Quero Rosa”, título de uma de suas músicas, em parceria com Dalmo Castelo. No LP, esse e outros clássicos do samba. O repertório de […]

  20. A Música de Paulo Vanzolini

    Aqui Carmen Costa e Paulo Marquez em “A Música de Paulo Vanzolini” (1974), pelo selo Marcus Pereira, apresentando composições, do maior, junto com Adoniran Barbosa, representante do samba paulista. Carmem nascida em Trajano de Moraes, […]

  21. Guilherme de Brito (1980)

    Primeiro Lp solo de Guilherme de Brito, lançado em 1980 pelo selo Eldorado é o álbum que trago neste post. No disco, muitas parcerias de Guilherme com Nelson Cavaquinho. Não deve ser fácil produzir música […]

  22. Versátil

    “Versátil”, de Nelson Sargento, lançado sete anos após o último CD, “Flores em Vida”, exibe sete inéditas entre as 16 músicas do disco. Chama atenção a valsa “Rosa Maria, Flor Mulher”, interpretada ao piano por […]

  23. Thelma Canta Nelson Cavaquinho

    Em 1966, a gravadora CBS lançou o LP “Thelma Canta Nelson Cavaquinho” da cantora alagoana Thelma Soares interpretando só músicas do “Poeta das Calçadas”. Neste disco, produzido por Sérgio Porto e com arranjos de Radamés […]

  24. Folhas Secas

    O CD “Folhas Secas” de Guilherme de Brito, foi lançado no Japão no ano de 1990 pelo selo Take-off, e posteriormente (re)lançado no Brasil em 2007 pelo selo Atração Fonográfica (ATR 31234). Notável por seu […]

  25. Axé!

    “Axé! – Gente Amiga do Samba” é o quinto e último álbum de estúdio de Candeia. Lançado em novembro de 1978, pouco dias após a sua morte, é considerado um dos discos mais importantes da história do samba. Uma […]

  26. Depoimento do Poeta
  27. Nelson Sargento – Inéditas

    Em 1990 Nelson lança seu terceiro LP individual Nelson Sargento – Inéditas, pelo CCSP. Foi feita uma triagem de mil cópias, distribuídas como brinde, parte do Projeto Preservação da Música Popular. Em 1988 o CCSP […]

  28. Guilherme de Brito (1988)

    Um dos três volumes da coleção: “Samba – Projeto da Música Popular Brasileira”, Selo: CCSP – Guilherme de Brito. É o álbum que trago neste post. Em 1988 o CCSP – Clube da Criação de […]

  29. Nelson Cavaquinho (1972)

    Sobre esse volume da Série Documento, Nelson já era exemplo de luta contra a adversidade antes de ter um cavaquinho de verdade — seu primeiro instrumento era feito de arames e uma caixa de charutos. […]

  30. Paulinho da Viola (1968)

    “Paulinho da Viola” é o primeiro álbum de estúdio do sambista carioca Paulinho da Viola, lançado em 1968 pela gravadora Odeon. Paulo César Batista de Faria (12/11/1942 Rio de Janeiro, RJ) apresentou temas como “Sem ela eu não vou”, “Coisas do mundo, minha nêga” […]

  31. Elizete sobe o morro

    Em março de 1965, Elizeth participou do espetáculo “Rosa de ouro”, que rendeu — fato explicado no texto mais a diante — o LP que trago neste post: “Elizete sobe o morro”, um dos grandes […]

  32. Escolas de samba solista: Jamelão

    Nesse LP de 1957 Escolas de samba solista: Jamelão , o saudoso José Bispo interpreta sambas-enrêdo e sambas de terreiro de várias escolas: Império Serrano, Portela, Cartolinha de Caxias, Estação 1° de Mangueira e Unidos […]

  33. Caymmi (Kai-ee-me) and The Girls from Bahia

    (Kai-ee-me) Ele é um pescador… Um poeta do mar… Ele é o escritor de canções mais popular do Brasil. Ele é o compositor de “…Das rosas”. Ele canta com simplicidade de paixão. Ele é único. […]

  34. O Rei do Partido Alto
  35. Elizeth no Bola Preta com a Banda do Sodré

    Se alguém perguntar a qualquer folião aonde se pratica a melhor música do carnaval carioca, a resposta será forçosamente: no CORDÃO DA BOLA PRETA. Se, por acaso, e eu duvido, houver opinião em contrário, será […]

  36. Fala Mangueira!

    Fala Mangueira! – Um verdadeiro clássico do samba. Disco que não pode faltar em nenhuma boa coleção. Estou falando aqui do feliz encontro de Cartola, Carlos Cachaça, Clementina de Jesus, Nelson Cavaquinho e Odete Amaral, […]

  37. Polêmica

    O famoso embate (Polêmica) musical entre dois grandes compositores, gerou um LP (10″) em 1956, lançado pela Odeon, com interpretações de Francisco Egydio e Roberto Paiva. Muito se escreveu sobre esse disco bem como sobre […]

  38. Sergio Pôrto, Aracy de Almeida e Billy Blanco no “Zum-Zum”

    Aqui neste post um disco da Elenco gravado na boate “Zum-Zum”. Um clássico, como todos os discos lançados por esse selo, criado por Aloysio de Oliveira. . Disco gravado ao vivo na lendária boate Zum-Zum. […]

  39. Festival de Samba – Sambas enrêdo das escolas de samba 1968
  40. Assis Valente (1987)

    Volume dedicado a Assis Valente do Projeto Almirante. Esse Projeto, levou esse nome como homenagem à memória do grande radialista, cantor e compositor Henrique Fôreis Domingues, bem como vem complementar a série de ações que […]

  41. Clementina, Cadê Você?

    No ano de 1970, a Rainha Quelé gravou “Clementina, Cadê Você?”, lançado pelo MIS (Museu da Imagem e do Som) do Rio de Janeiro. Álbum que trago neste post. Clementina de Jesus não é somente […]

  42. Tantinho, memória em verde e rosa

    O álbum Tantinho, memória em verde e rosa, reúne inéditas da Mangueira. Um dos maiores cantores da escola, Tantinho lançou esse CD duplo que traz 32 sambas das quadras e vielas da comunidade. O repertório […]

  43. Martinho da Vila (1969)

    Martinho da Vila virou um dos maiores sambistas da história do cancioneiro brasileiro com seu aclamado álbum de estreia. O primeiro LP da carreira o colocaria como um dos grandes astros do samba ao conseguir […]

  44. Elza Soares baterista: Wilson das Neves

    Lançado em 1968, o álbum “Elza Soares baterista: Wilson das Neves” se tornou uma referência de suingue na extensa discografia da cantora, além de destacar o trabalho do instrumentista – à época, já reconhecido no […]

  45. Ataulfo Alves, Suas Pastoras e Seus Sucessos

    Em 1955 Ataulfo gravou na Sinter o seu primeiro long-play que recebeu o título de “Ataulfo Alves, Suas Pastoras e Seus Sucessos”. Esse elepê é o que trago neste post. A seguir, transcrevo o texto […]

  46. Festival de Samba vol.2 – Sambas enrêdo das escolas de samba 1969
  47. Samba…no duro

    “Samba…no duro” primeiro álbum gravado pelo grupo Os Cinco Crioulos formado por membros dos grupos A Voz do Morro e Rosa de Ouro — Elton Medeiros, Nelson Sargento, Jair do Cavaquinho, Mauro Duarte e Anescar do Salgueiro, saiu pela […]

  48. Adoniran Barbosa (1974)

    1974 – ano em que Adoniran Barbosa, o nome maior do samba paulista, lançou seu primeiro disco. “esse edifício alto era uma casa velha, um palacete abandonado… nossa maloca. Mas um dia, não quero me […]

  49. Evocação V

    “Evocação V” de Geraldo Pereira, um mineiro de Juiz de Fora criado no morro da Mangueira. Malandro, valentão, mulherengo e principalmente excelente sambista, Geraldo Pereira foi um verdadeiro cronista dos morros, dos subúrbios e da vida […]

  50. Clementina de Jesus convidado especial: Carlos Cachaça
  51. Cartola (1976)

    Novamente pelo selo Discos Marcus Pereira, foi lançado em 1976 o segundo LP de Cartola com grande sucesso de crítica. Segundo álbum de estúdio do mestre do samba, Cartola reúne alguns dos grandes clássicos como “O Mundo […]

  52. Caymmi e Seu Violão

    “Caymmi e Seu Violão” é considerado pela critica especializada uma obra-prima na discografia do artista baiano. Acompanhado apenas seu violão, para muitos ficou provado em definitivo o gênio do compositor, músico e intérprete. . Mar, […]

  53. Patota de Cosme

    “Patota de Cosme” é o segundo álbum de estúdio de Zeca Pagodinho, lançado em 1987, sucedendo ao seu álbum de estreia, “Zeca Pagodinho”, lançado em 1986. “Patota de Cosme” foi a terceira gravação em estúdio de Zeca Pagodinho, que já havia participado […]

  54. Os 5 Crioulos

    Apesar de sua curta vida, o grupo de samba Os Cinco Crioulos está inscrito no meio da galeria imprescindível do gênero. Formado pelos integrantes do grupo A Voz do Morro e posteriormente Rosa de Ouro, […]

  55. Foi um rio que passou em minha vida

    “Foi um rio que passou em minha vida” além de ser o tí­tulo do segundo álbum de estúdio de Paulinho, é também o tí­tulo de um samba lançado em 1969 na Feira Mensal de MPB […]

  56. Samba do morro e do asfalto

    “Samba do morro e do asfalto” é um LP lançado em 1961 com produção de Lamartine Babo pela Escola de Samba Império Serrano (côro e ritmistas), aonde em seu repertório, temos 31 sambas tanto de […]

  57. Sonho de um sambista

    “Sonho de um sambista” LP produzido por Pelão em 1979 para a Gravadora Eldorado, é mais um clássico do grande artista da Mangueira: Nelson Sargento. Pintor, escritor, ator e sambista de mão cheia, Nelson foi […]

  58. A Arte Negra de Wilson Moreira e Nei Lopes

    “A Arte Negra de Wilson Moreira e Nei Lopes” contava para o mundo o que muita gente boa já sabia: do encontro de um ex-agente penitenciário com um ex-advogado nascia uma das parcerias mais sofisticadas […]

  59. Assim é que é… Pixinguinha e sua Banda em polcas, maxixes e chôros

    Todo dia é dia de São Pixinguinha. Hoje o trago em disco: “Assim é que é…”, SINTER, de 1957, interpretando impagáveis polcas, maxixes e choros. Nada mais para ser dito. Muito para ser ouvido e […]

  60. O suburbano

    “O suburbano” é o primeiro álbum solo do cantor e compositor Almir Guineto. Foi lançado em 1982. A faixa título é assinada pela dupla Beto Sem Braço e Aluízio Machado, seu famoso parceiro, compositores do Império Serrano. Neste disco está […]

  61. João Nogueira (1972)

    O começo da carreira do grande compositor e sambista João Nogueira foi com este seu primeiro LP, lançado pela Odeon, em 1972. A capa do disco é originalíssima, replicando a manchete do jornal O Globo, […]

  62. Sambas-de-enrêdo das Escolas de Samba 1° grupo 1970
  63. A Velha Guarda

    Em julho de 1955 é gravado o disco “A Velha Guarda”, pelo selo Sinter. Nesse trabalho foi resgatado o tipo de musicalidade presente na música popular urbana na cidade do Rio de Janeiro da época […]

  64. Canto das três raças

    No LP “Canto das três raças”, Clara Nunes quebrou um recorde: mais de 500 mil cópias. O repertório trazia pérolas de Vinicius, Chico e Nelson Cavaquinho, entre outros. A seguir texto de Paulo César Pinheiro, publicado […]

  65. Velha-Guarda do Salgueiro (2003)

    O grupo musical da Velha-Guarda do Acadêmicos do Salgueiro foi fundado em 1980 por Jorge Cardoso e as irmãs Mocinha e Caboclinha, filhas do compositor Birolha, reunindo cantores e compositores ligados à tradição e a […]

  66. Pandeiro e viola

    Encerrando a vitoriosa passagem pela pequena gravadora Tapecar em “Pandeiro e viola” Beth ganhou de presente um samba/homenagem de seu amigo Martinho da Vila: “Enamorada do sambão”, e o samba-título “Pandeiro e viola” (de Gracia […]

  67. Mandingueiro

    O CD “Mandingueiro” de Moacyr Luz tem como referência maior o samba. Elogiado pela crítica, o disco resgata a formação clássica das rodas de samba predominando as dobradinhas: cavaquinho e violão, bandolim e sete cordas, […]

  68. Tantinho canta Padeirinho da Mangueira

    Com direção musical de Paulão 7 Cordas, “Tantinho canta Padeirinho da Mangueira” é dedicado a Germano Mathias e a Jamelão, principais intérpretes de Padeirinho. O trabalho registra 14 músicas de autoria do compositor Mangueirense. O […]

  69. Onze sambas e uma capoeira

    Onze sambas e uma capoeira: Ôba, mais um disco da Marcus Pereira. Quando a gente vê Marcus Pereira, corre para ouvir, já sabe que é bom. Paulo Vanzolini é um dos maiores zoólogos do Brasil. […]

  70. Ismael canta … Ismael

    Nesse vinil “Ismael canta… Ismael” temos a oportunidade de acompanhar o compositor interpretando suas obras. Uma pérola de disco. Um verdadeiro documentário da música popular brasileira. Sambista emérito do Estácio, fundador da pioneira escola de […]

  71. Festival de Samba volume 3 – Sambas enrêdo das Escolas de Samba 1970

    Vinil com os sambas enrêdo de 1970. As gravações deste álbum foram realizadas nas quadras de ensaio de cada uma das Escolas de Samba, com aparelhagem especial para gravações ao vivo. De 1968 (ano em […]

  72. Raízes da Mangueira

    “Raízes da Mangueira” – Memorável reunião dos grandes nomes da mais famosa escola de samba carioca, como Nelson Sargento, Xangô, Cartola, Jurandir, Babaú da Mangueira e Nelson Cavaquinho em músicas imperdíveis. Verso com texto de […]

  73. História das Escolas de Samba – Mangueira

    LP da Coleção História das Escolas de Samba dedicado a Estação Primeira de Mangueira, com interpretações de Cartola, Prêto Rico, Carlos Cachaça, Padeirinho, Nelson Sargento etc. Era 1974 e a Discos Marcus Pereira decidiu trazer […]

  74. Olha o partido aí!

    “Olha o Partido Aí! – Gravado ao vivo nos 40 anos de samba de Mangueira” registro histórico gravado ao vivo na quadra do G.R.E.S. Estação Primeira de Mangueira em comemoração aos 40 anos da escola, […]

  75. Macumba – Heitor dos Prazêres e sua gente

    O que é Macumba? Macumba, na linguagem popular, é uma dança de origem Africana, cujo ritual é de Angola e com fundo religioso. As suas canções, representam orações que elevam, com o som de seus […]

  76. Leci Brandão (1985)

    Leci Cristina Brandão da Silva, ou simplesmente Leci Brandão, trago em foco no dia de hoje, com a publicação de seu elepê lançado em 1985, pelo selo Copacabana. Sobre o repertório, algumas considerações. O álbum […]

  77. Sambas enrêdo 1° grupo 1971

    Trago neste post os sambas enrêdo do Carnaval de 71 do grupo 1 (atual Grupo especial). Esse álbum em particular teve três edições: A primeira, não contém o samba do Salgueiro (ainda não tinha sido […]

  78. Zé Keti (1973)

    Zé Kéti, uma das figuras centrais do espetáculo Opinião, de 1964, no qual além de atuar era compositor da música-título e de outras do espetáculo, tais como “Diz que fui por aí” (com Hortênsio Rocha) […]

  79. Os Sambistas

    Trago neste post o LP “Os Sambistas” (RGE, 1966). Fundado em 1965 por Zé Keti, o Voz do Morro foi uma das primeiras oportunidades que os sambistas de morro tiveram para gravar suas próprias composições — muitas até então inéditas […]

  80. Canções praieiras por Dorival Caymmi

    A maior parte das canções praieiras de Dorival Caymmi foi composta nos anos 1940. E apesar da distância temporal, a força estética do conjunto permanece intocada. Dorival Caymmi nasceu a 30 de abril de 1914, […]

  81. Fala Meu Povo!

    “Fala Meu Povo!” — LP gravado por Roberto Ribeiro. Álbum cheio de “feras”. Nas composições temos Nelson Rufino, Paulo César Pinheiro, Mauro Duarte, Monarco, Wilson Moreira, Nei Lopes e Mano Décio. Na execução temos Wilson […]

  82. Sorriso Negro

    Mais do que simplesmente um álbum de samba “Sorriso Negro” de Yvonne Lara, 1981, é um álbum profundamente arraigado nas tensões políticas e sociais de seu tempo. Lançado menos de dois anos após a ditadura […]

  83. Candeia (1970)

    Primeiro álbum de estúdio de Candeia. Lançado em 1970 pela gravadora Equipe. A capa do traz um jogo com as palavras “autêntiCo”, “sAmba”, “origiNal”, “meloDia”, “PortEla”, “BrasIl” e “poesiA“, que formam o nome do sambista. […]

  84. Sambas de Aldir & Ouvir

    “Sambas de Aldir & Ouvir”, o que faz esse CD imprescindível é esse casamento entre cantora, Dorina e homenageado, Aldir Blanc. A dona de uma das vozes mais marcantes do samba e grande intérprete, Dorina […]

  85. Flores em Vida

    O CD “Flores em Vida” de Nelson Sargento, 2001 (Selo Rádio MEC), foi indicado para concorrer ao Prêmio Grammy Latino 2002, na categoria de melhor álbum de samba. Esse álbum foi idealizado por Evonete, esposa […]

  86. Festival de Sambas Enrêdo 1971

    Como nos anos anteriores (68,69 e 70) em 1971 foi lançado o 4° volume da Série “Festival de Sambas Enrêdo” esse, com os sambas para o Carnaval de 1971. Álbum que trago neste post. Os […]

  87. Na Madrugada

    Elepê “Na Madrugada” (1966): Chamando Hermínio Bello de Carvalho para produzir o disco, a RGE sabia que a escolha era perfeita, pois além de descobrir Paulinho da Viola e praticamente lançar Elton Medeiros profissionalmente, já […]

  88. Aracy de Almeida Apresenta Sambas de Noel Rosa

    Esse elepê de Aracy de Almeida cantando Noel Rosa é uma coletânea lançada pela Continental, em 1954, com sambas já anteriormente gravados em 78 rpm por Aracy. Noel Rosa – Aracy de Almeida O samba, […]

  89. Batuque na Cozinha

    Diferentemente do disco anterior, esse álbum, “Batuque na Cozinha”, é quase todo autoral. Martinho já havia dado baixa no Exército, e estava se dedicando totalmente ao samba, criando novas composições e fazendo muitos shows. Inquieto, […]

  90. Sambas-de-Enrêdo das Escolas de Samba do Grupo 1 (1972)

    A gravação desse LP, com os sambas-de-enrêdo para o Carnaval de 1972, é a mais tradicional possível, com o samba tendo cara de samba mesmo, de maneira a pensarmos que o disco foi gravado ao […]

  91. Nego Alvaro Canta Sereno & Moa

    Nego Alvaro chega ao seu segundo CD, “Nego Alvaro Canta Sereno e Moa”, sob a benção de dois grandes compositores — Sereno, do Fundo de Quintal, e o próprio Moacyr Luz. Nego conta que o […]

  92. Recantando Mágoas – Lupi, a Dor e Eu

    No ano de 1987, Lupicínio Rodrigues foi homenageado por Jamelão no LP “Recantando Mágoas – Lupi, a Dor e Eu”, no qual o cantor interpretou muitos sucessos do boêmio. Na carreira de Jamelão, Lupicínio Rodrigues […]

  93. O Mapa da Mina

    Considerado por muitos o melhor LP do Fundo de Quintal (O MAPA DA MINA, 1986 RGE) é o sexto álbum do grupo, com produção do Maestro Rildo Hora. O disco reúne 12 sambas, sendo a […]

  94. Se Me Chamar, ô Sorte!

    Wilson das Neves reafirma sua grandeza e a habilidade no trabalho “Se Me chamar, ô Sorte!” No CD, com produção do próprio Wilson, Paulo César Pinheiro e Berna Ceppas, ele conta com diversos parceiros e […]

  95. Sambas-de-Enrêdo das Escolas de Samba do Grupo 1 (1973)

    A característica principal da gravação dos sambas de enredo de 1973 é o uso de tamborins acoplados às caixas. O som do cavaco também se destaca, se harmonizando muito bem com a bateria. A cuíca […]

  96. Moreira da Silva, o “Tal”… Malandro

    “O ‘Tal’… Malandro”, álbum de 1962 lançado pela Odeon, marcou o surgimento do Kid Morengueira no samba de breque “O Rei do Gatilho” de Miguel Gustavo. . Há quase 30 anos êste bom moço encampou […]

  97. Sabiá Marrom. O Samba Raro de Alcione

    Este CD “Sabiá Marrom. O Samba Raro de Alcione” traz faixas raras e sobras de estúdio da fase inicial da carreira de Alcione, em que o samba dava cartas no seu repertório. Entre as inéditas, […]

  98. Sambas-de-Enrêdo das Escolas de Samba do Grupo 1 (1974)

    No disco com os sambas-de-enredo de 1974, pandeiro, tamborim, reco-reco e agogô são os instrumentos que estão presentes como fundo dos sambas, fazendo um som bastante tradicional e diferente do atual que a bateria costuma […]

  99. Geraldo Filme (1980)

    Em 1980, aos 52 anos, Geraldo Filme de Sousa lançou pela Eldorado o primeiro LP, “Geraldo Filme”, que contou com textos do teatrólogo e escritor Plínio Marcos e nele gravou várias de suas composições, tais […]

  100. Sambas de Enredo das Escolas de Samba do Grupo 1 Carnaval 1975

    Pandeiro e tamborim compõem a espinha dorsal da bateria no álbum com os sambas de enredo de 1975, fazendo uma bela harmonia com o cavaco. O apito também aparece em várias faixas. , mais os […]

  101. A Dança da Solidão

    Lançado em 1972, por Paulinho da Viola, “A Dança da Solidão”, como o nome denuncia, é um álbum de samba cercado de uma certa melancolia. Paulinho da Viola e Milton Miranda (produtor) se inspiraram em […]

  102. Pérola Negra

    Depois de participar com três composições no disco “Raça Brasileira”, lançado em 1985, Jovelina Pérola Negra foi contratada pela RGE, lançando no ano seguinte seu primeiro álbum solo “Pérola Negra”: um grande sucesso de vendas […]

  103. Nos Pagodes da Vida

    Grupo Fundo de Quintal Vol.3 – Nos Pagodes da Vida é o terceiro álbum lançado pelo grupo formado no final da década de 1970. Elepê de muito sucesso como os dois anteriores. Disco lançado em 1983 pela […]

  104. Sambossa

    Quarto álbum da discografia de Elza Soares,, Sambossa se inseriu nesse sincopado universo musical, como já sugeriu o título. Esse disco é o que trago nesse post. Projetada em dezembro de 1959 com retumbante gravação do samba “Se […]

  105. Prazer: Partido-Alto

    Como comprei o CD “Prazer: Partido-Alto”: Frequento a Mangueira a muito tempo. Para quem não conhece o Centro Cultural Cartola é bem perto do Palácio do Samba (Quadra da Mangueira). Um dia — não me […]

  106. Perfume de Champanhe

    Perfume de Champanhe foi o quinto álbum solo lançado por Almir de Souza Serra (Rio de Janeiro, 12 de julho de 1946 — Rio de Janeiro, 5 de maio de 2017). Fundador do Fundo de […]