O cantor e compositor carioca Marquinho Sathan nascido no limite do Morro do Salgueiro com o nível do mar, ganhou fama nas rodas de samba nos anos 80, ocupando um lugar cativo no reino do samba de qualidade.

Em seu quarto álbum, ‘MEU DIA-A-DIA‘ lançado em 1993 pela Polydor, com produção de Milton Manhães, Marquinhos Satã (hoje Marquinho Sathan) gravou várias “feras”: Toninho Geraes, Acyr Marques, Adilson Bispo, Zé Roberto, Bandeira Brasil, Arlindo Cruz, Franco, Altay Veloso, Guilherme Nascimento, Mário Sergio, Marquinho PQD, Sereno, Marcelo Guimarães etc… (só bamba) além do mestre Nei Lopes (c/ Sidney da Conceição) em ‘O TEMPERO DE DONA IÁ IÁ

“- Só quem provou é que sabe
Como é gostoso
O tempero de Dona Iá Iá”

Vamos ouvir ?!

capa do LP MARQUINHOS SATÃ Meu Dia-a-Dia 1991, Polydor

Lado 1

NÃO SOU APRENDIZ ** 3.48
Toninho Geraes / Serginho Beagá / Acyr Marques
MEU DIA-A-DIA * 4.03
Marquinhos Satã / Adilson Victor
FAVO DE MEL * 4.26
Adilson Bispo / Zé Roberto
NEGRITUDE, AXÉ! * 3.47
Bandeira Brasil / Arlindo Cruz / Franco
JARDIM DE EMOÇÕES * 4.12
Rubens Gordinho / Barbosinha / Santaninha
RÉDEAS DO AMOR * 4.30
Altay Veloso / Luis Esteves

Lado 2

OUTRA VEZ * 4.12
Guilherme Nascimento / Maurílio Faria
SE VOCÊ PERDOAR * 3.32
Mário Sergio / Marquinho PQD / Jairo “Bom Ambiente”
FOGO BRANDO ** 4.11
Romildo / Sérgio Fonseca
O TEMPERO DE DONA IÁ IÁ * 2.35
Nei Lopes / Sidney da Conceição
UMA SÓ PALAVRA * 3.40
Sereno / Luis Fernando
JUSTIÇA DO AMOR ** 2.45
Marcelo Guimarães / Jairo “Bom Ambiente” / Henrique Damião
A FORMA PERFEITA DO AMOR * 4.15 (faixa não disponível)
Herivelto Barros / Carlos Colla / Maurício Duboc


Polydor ‎- 849 417-1, LP

DIREÇÃO ARTÍSTICA
MAYRTON BAHIA

PRODUZIDO POR
MILTON MANHÃES

ARRANJOS E REGÊNCIAS
IVAN PAULO *
GERALDO VESPAR **

Publicado por Marcelo Oliveira

Sou carioca, mangueirense, botafoguense e apaixonado por samba. Meu objetivo com o blog sambaderaiz é divulgar o SAMBA, compartilhando meu acervo fonográfico. Que o blog seja um espaço de “Resistência Cultural” e em “Defesa da Tradição do Samba”. Forte abraço. marcelo@sambaderaiz.org

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × cinco =