“MUDANDO DE CONVERSA” era, a princípio, um samba de Maurício Tapajós e do poeta Hermínio Bello de Carvalho. Feito em homenagem a Paulinho da Viola e concluído debaixo de muita cerveja na legendária Taberna da Glória, êle teria um destino mais longo: virou nome de espetáculo de sucesso, trazendo para o palco do Teatro Santa Rosa os nomes gloriosos de Cyro Monteiro, o maior cantor de sambas do Brasil, segundo Vinicius; essa estilista fabulosa que é Nora Ney; e ainda a grande cantadeira dos morros cariocas, a soberba Clementina de Jesus. E mais: o conjunto “Rosa de Ouro” (integrado por Elton Medeiros, Jair do Cavaquinho, Mauro Duarte, Anescarzinho do Salgueiro e Nelson Sargento — todos sambistas de maior categoria) ; e ainda um excelente trio de cordas: Dino (sete cordas, o maior do Brasil) ; Arlindo (violão comum) e Indio (cavaquinho). O baiano Macalé se integrou no musical apenas para acompanhar Nora, fazendo-o lindamente. Não se pode descrever um espetáculo musical com palavras, daí ter achado a ODEON muito mais eloquente gravá-lo ao vivo, e trazer tôda a “fervura” do “show” para o disco. O problema maior foi sintetizar duas horas de música num doze polegadas. As piadas de Cyro, as histórias sôbre Geraldo Pereira, alguns lindos sambas cantados por Nora e Clementina — tudo isso teve que ser “podado” para esta gravação. Mas um outro fator importante neste disco é o público que o assistiu (quase todo ele formado de jovens) e que participou ativamente da gravação com seu entusiasmo. Não custa nada também lembrar alguns nomes que passaram pelas poltronas do Teatro Santa Rosa para ver/ouvir o espetáculo : poeta Vinícius de Moraes, Maria Bethania, Ataulfo Alves, Chico Buarque de Hollanda, Elizethe Cardoso, Pedro Bloch, Toquinho, Zimbo Trio, a mãe-de-santo Olga do Alaketo… e tanta gente mais! É sempre bom recordar Vinicíus com as mãos pro alto, aplaudindo o espetáculo, ou aquela noite em que alguns artistas invadiram o palco e fizeram o final com o elenco da peça. Recordações iguais a essas podem ser captadas neste LP, que estamos passando às suas mãos.
texto – contracapa do LP

LP Mudando de Conversa | 1968, Odeon

LADO A

  1. LAMENTO (Pixinguina-Vinicius de Moraes) – REGIONAL
  2. FORMOSA (Baden Powell-Vinicius de Moraes) – SACODE CAROLA (Hélio Nascimento-Alfredo Marques) – MADAME FULANO DE TAL (Cyro Monteiro-Candido Dias da Cruz) – DIVINA DAMA (Cartola) – SOFRER É DA VIDA (Ismael Silva-Francisco Alves-Nilton Bastos) – RISOLETA (Raul Marques-Moacyr Bernardino) – CYRO MONTEIRO
  3. MUDANDO DE CONVERSA (Maurício Tapajós-Hermínio Bello de Carvalho) – CONJUNTO ROSA DE OURO – Solo: Elton Medeiros
  4. DE CIGARRO EM CIGARRO (Luiz Bonfá) – NESTE MESMO LUGAR (Klécius Caldas-Armando Cavalcanti) – BAR DA NOITE (Haroldo Barbosa-Bidú Reis) – EU E A BRISA (Johnny Alf) – NORA NEY – Violão: Macalé

LADO B

  1. SE O CARNAVAL ACABAR (Élton Medeiros-Hermínio Bello de Carvalho-Mauro Duarte) – ELTON MEDEIROS – MAURO DUARTE – CYRO MONTEIRO
  2. SABIÁ (Maurício Tapajós-Joaquim Cardoso) – MULATO BAMBA (Noel Rosa) – CLEMENTINA DE JESUS
  3. ESCURINHO (Geraldo Pereira) – FALSA BAIANA (Geraldo Pereira)- QUE SAMBA BOM (Geraldo Pereira-Arnaldo Passos) – CYRO MONTEIRO
  4. MEUS VINTE ANOS (Wilson Batista-Sílvio Caldas) – AVES DANINHAS (Lupicínio Rodrigues) – NÃO TE DÓI A CONSCIÊNCIA (A.Garcez-Nelson Silva-A.Monteiro)- CASTIGO (Dolores Duran) – NÃO QUERO MAIS AMAR A NINGUÉM (Carlos Moreira-Zé da Zilda) – SE A SAUDADE ME APERTAR (Ataulfo Alves-Jorge de Castro) – SAUDADE DELA (Ataulfo Alves) – NORA NEY E CYRO MONTEIRO
  5. LEVA MEU SAMBA (Ataulfo Alves)

Odeon – MOFB 3534, LP

Produtor Fonográfico: Indústrias Elétricas e Musiciais Fábrica Odeon S/A
Equipe de produção artístico-fonográfica realizadora dêste disco:

DIRETOR DE PRODUÇÃO: MILTON MIRANDA
DIRETOR MUSICAL: LYRIO PANICALLI
ASSISTENTE DE PRODUÇÃO: HERMÍNIO BELLO DE CARVALHO
ORQUESTRADOR E REGÊNTE: MAESTRO NELSINHO
DIRETOR TÉCNICO: Z. J. MERKY
TÉCNICO DE GRAVAÇÃO: JORGE TEIXEIRA DA ROCHA
TÉCNICO DE LABORATÓRIO: RENNY L. LIPPI
LAY-OUT: WALTER WEDHAUSEN
FOTOS: MAFRA
CARICATURA: LAN

Publicado por Marcelo Oliveira

Sou carioca, mangueirense, botafoguense e apaixonado por samba. Meu objetivo com o blog sambaderaiz é divulgar o SAMBA, compartilhando meu acervo fonográfico. Que o blog seja um espaço de “Resistência Cultural” e em “Defesa da Tradição do Samba”. Forte abraço. marcelo@sambaderaiz.org

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 − seis =