“Violão e Voz”, ele relê, no formato acústico, algumas de suas músicas, somadas aos clássicos imortais da música popular brasileira. Começou a tocar violão depois da morte do pai, como forma de fuga para a solidão que sentia. Neste álbum, Moacyr apresenta seus maiores sucessos apenas com sua voz marcante e seu violão magnífico. As letras cifradas em todas as faixas estão presentes no encarte do saudoso disco. Entre tantas pérolas, “Saudades da Guanabara”, parceria com Aldir Blanc e Paulo César Pinheiro, é uma de suas obras mais representativas, uma autêntica declaração de amor à cidade.

CD violão & voz MOACYR LUZ | 2005, Deckdisc

  1. Coração do Agreste
    Moacyr Luz / Aldir Blanc
  2. Brasil e Holanda
    Moacyr Luz / Aldir Blanc
  3. Feitio de Oração
    Vadico / Noel Rosa
  4. Contradigo
    Moacyr Luz / Hermínio Bello de Carvalho
  5. Palhaço
    Oswaldo Martins / Nelson / Washington (Irmãos Vitale)
  6. Acontece
    Cartola
  7. Só Dói Quando Eu Rio
    Moacyr Luz / Aldir Blanc
  8. Cachaça, Árvore e Bandeira
    Moacyr Luz / Aldir Blanc
    Incedentais:
    Não Quero Mais Amar á Ninguém (Zé da Zilda / Cartola / Carlos Cachaça)
    Alvorada (Cartola / Carlos Cachaça / Hermínio Bello de Carvalho)
  9. Medalha de São Jorge
    Moacyr Luz / Aldir Blanc
  10. Feito o Mar
    Moacyr Luz / Aldir Blanc
  11. Anjo da Velha Guarda
    Moacyr Luz / Aldir Blanc
  12. Vitória da Ilusão
    Moacyr Luz / Aldir Blanc
  13. Saudades da Guanabara
    Moacyr Luz / Aldir Blanc / Paulo César Pinheiro

Deckdisc 11034-2, CD

Voz e Violão: Moacyr Luz
Produzido por Marcos Sabóia
Direção Artística: João Auguto
Gravado e Mixado no Estúdio Tambor (RJ) por Marcos Sabóia
Assistentes e Gravação e Mixagem: Fábio Roberto e Jorge Guerreiro
Projeto Gráfico: Flávio Flock (L&A Studio)
Foto: Ismar Ingber

Publicado por Marcelo Oliveira

Sou carioca, mangueirense, botafoguense e apaixonado por samba. Meu objetivo com o blog sambaderaiz é divulgar o SAMBA, compartilhando meu acervo fonográfico. Que o blog seja um espaço de “Resistência Cultural” e em “Defesa da Tradição do Samba”. Forte abraço. marcelo@sambaderaiz.org

Participe da discussão

2 comentários

  1. Obras maravilhosas. Começar o dia, uma segunda-feira trabalhando e ouvindo boa música é tudo de bom ! Parabéns e aplausos sempre ao site samba de raiz com esse trabalho espetacular.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × dois =