Pandeiro e viola

LP Beth Carvalho - Pandeiro e Viola

Encerrando a vitoriosa passagem pela pequena gravadora Tapecar em “Pandeiro e viola” Beth ganhou de presente um samba/homenagem de seu amigo Martinho da Vila: “Enamorada do sambão”, e o samba-título “Pandeiro e viola” (de Gracia do Salgueiro) ambas sucessos deste álbum. Com arranjos e direção do lendário Ed Lincoln, coordenando uma equipe dos sonhos de músicos brasileiros. Beth Carvalho dedica esse registro a Nelson Cavaquinho e Guilherme de Brito.


O terceiro e último LP de Beth Carvalho para a gravadora Tapecar fecha o primeiro capitulo na história da cantora de samba. A trilogia da Tapecar se encerra com a ida para o elenco da multinacional RCA — O LP correu bem, eu já sabia que ia pra RCA mas fiz com muito carinho. Lembra Beth, que naquele 1975 colhia louros do sucesso de “1800 Colinas”, do álbum anterior “Pra seu governo” ( 1974) e também da repercussão de “Meu perdão” na trilha Sonora da telenovela global “Pecado Capital”.

Meus queridos amigos Nelson Cavaquinho e Guilherme de Brito (parceiro de fé), este disco é dedicado a vocês por toda emoção que me causam a cada instante a sua obra e o seu viver

Beth já era uma “cantora do povão”, como ela bem definiu. Em “Pandeiro e viola”, uma produção da Tapecar que a própria Beth dirigiu, a produção ficou a cargo do exigente Ed Lincoln. Com arranjos do próprio Lincoln, de Paulo Moura e de Orlando Silveira, o repertório misturou canções de Yvonne Lara, Monarco, Nelson Cavaquinho e Paulo Cesar Pinheiro, dentre outros, a Chico Buarque e Noel Rosa.

— “Enamorada do sambão” foi um presente de Martinho da Vila, algo realmente biográfico que ele fez pra mim, e eu resgatei. “Onde esta a honestidade” por ser samba de protesto — conta Beth, que apesar de estar fechando um ciclo com aquele disco, já com um pé dentro de uma nova gravadora, registrou mais faixas do que normalmente fazia. “Alegria” e “Pesquisa”, gravadas nas sessões do LP, sobraram da montagem final de 12 faixas, mas acabaram sendo lançadas quando a Tapecar soltou a coletânea “Só samba quem tem. Vol. 3” em 1977.

Marcelo Fróes


Pandeiro e viola

Beth Carvalho (LP Tapecar LP – X 33, 1975) — Ouça o LP no site oficial de Beth – DISCO É CULTURA

LP Beth Carvalho - Pandeiro e Viola

Lado A: “Só queria ser feliz” (Ruy Quaresma); “O pior é saber” (Walter Rosa); “Pandeiro e viola” (Gracia do Salgueiro); “Amor sem esperança” (Délio Carvalho – Yvonne Lara); “Onde está a honestidade” (Noel Rosa); “Gota d´água” (Chico Buarque de Holanda).

Lado B : “Enamorada do sambão” (Martinho da Vila); “O dia de amanhã” (Nelson Cavaquinho – Guilherme de Brito); “Amor fiel” (Monarco); “De novo desamor” (Gisa Nogueira); “Sente o peso do couro” (Norival Reis – Vicente Mattos); “Cansaço’ (Edmundo Souto – Paulo César Pinheiro).


FICHA TÉCNICA — José Xavier e Beth Carvalho (seleção musical), Ed Lincoln (direção artística e músical), Ary Perdigão (eng. de som), Lauriano (capa), Orlando Abrunhosa (foto), arranjos: Ed Lincoln (fxs. 1a, 2a, 6b), Orlando Silveira (fxs. 4a, 5a, 2b, 3b, 5b), Paulo Moura (fxs. 3a, 6a, 1b, 4b).

Cordas — Giancarlo Pareschi, Alfredo Vidal, Ricardo, Adolfo Pissarenke, Aizik M. Geller, João Daltro, José Alves, Marcello Pompeo, Lana, Paulo Nisembaum e Jorge Faini (violinos), Penteado, Frederick Stephany, Geza, Blois, Murilo, Maria, Léa (violas), Watson e Márcio (cello), Luizão, L. Roberto, Aldo e Alexandre (baixo), Carlinhos, Canhoto, Jonas (Época de Ouro), Alceu Maia e Neco (cavaquinho), Luiz Claudio e Neco (violão), Dino e Waldir (violão 7), José Menezes e Déo Rian (bandolim), José Menezes (violão tenor), Neco (viola de 12 cordas).

Sopros — Altamiro Carrilho, Celso, Jorginho, Mauro e Alceu (flauta), Zdenek Svab, Antônio Cândido, Ari Paulo e José Cândido (trompas), Netinho (clarinete), Edmundo “Ed” Maciel (trombone).

Ritmos — Chico Batera (bells), Wilson das Neves e Paulinho (bateria), Luna e Gordinho (surdo), Elizeu, Luna, Marçal e Bezerra (tamborim), Claudionor e Jorginho (pandeiro), Geraldo Barbosa (agôgo), Canegal (ganzá), Geraldo Sabino e Neném (atabaque), Neném (cuíca), Doutor (repinique), Bezerra (tumbadora), Papão (bongô).

Angela, Arlindo, Claudionor, Cybele, Eda, Edgardo, Gelson, Jefferson, Luiz Bandeira, Marlene, Marly, Nilza Maria, Stênio e Tufic (coro)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *